NOTÍCIAS

FIQUE SABENDO DAS NOVIDADES

Em Tempos de Crise é Prudente Empreender?

O técnico Joel Gomes responde a esta pergunta e dá dicas para quem quer se tornar um empreendedor.

Empreender é a palavra de ordem no mês de novembro. Estamos em plena semana global do empreendedorismo, um movimento mundial que busca fortalecer a cultura empreendedora capacitando e inspirando as pessoas a empreender. Mais de 130 países participam da inciativa e Feira de Santana abraça a ideia pela primeira vez.

Muito tem se falado sobre crise e o desejo de obter uma segunda fonte de renda tem alcançado muitos brasileiros. Mas diante deste cenário em que o país vive é prudente empreender?

O Técnico e consultor em crédito Joel Gomes em entrevista ao Folha do Estado recomenda bastante planejamento e cautela ao novo empreendedor.

“O empreendedorismo não é uma corrida, não é quem empreende logo que terá o sucesso primeiro. Planejamento é a base de tudo. É necessário conhecer aquilo que se quer trabalhar e entender o público que se quer alcançar.”

O técnico em crédito enxerga este momento um paradoxo, uma vez que há o recuo por parte de quem já é um empreendedor devido à queda das vendas e o aumento dos preços da mercadoria, em contrapartida há também um aumento no número de novos empreendedores.

“Os vendedores tem reclamado bastante, pois fim de ano já é um período bom para o comércio e o movimento anda baixo. Mas também tem surgido novas pessoas a fim de empreender devido ao desemprego ou como uma segunda fonte de renda.
Empreender é prudente quando se tem uma “bagagem”, algum tipo de experiência naquilo que se quer investir, mas quando não há nenhum tipo de contato com o futuro ramo de negócio já passa a ser perigoso.” Explica Joel.

Outro ponto que o novo empreendedor precisa ter consciência é, segundo o técnico o retorno financeiro.

“Não dá para esperar um retorno imediato, existe uma serie de despesas fixas que precisam ser honradas e a consciência que aquilo que sobra não é um lucro ainda, mas um retorno daquilo que já foi investido”. Alerta o consultor.